Repositório Digital da USCS Site da USCS, clique aqui!
 

USCS - Repositório Digital >
Programa de Mestrado em Comunicação >
Dissertações - Mestrado em Comunicação >

Por favor, utilize esse identificador para citar este item ou usar como link: http://repositorio.uscs.edu.br/handle/123456789/988

Título: Um e Outro Norte - Mad Maria: as inovações de linguagem na passagem da narrativa literária para a televisiva
Autores: DE PAULA, Maria Luísa Fontenele
SANTOS, Roberto Elisio dos
Palavras-chave: Mad Maria
Minissérie
Narrativa Histórica
Inovação
Data de Emissão: 20-Abr-2017
Resumo: A obra ficcional Mad Maria, do escritor Márcio Souza, foi um marco para a literatura amazonense. Apresentou ao país um momento histórico praticamente desconhecido da maioria: a construção da estrada de ferro Madeira-Mamoré, que pôs fim à Questão do Acre entre Brasil e Bolívia, por meio do Tratado de Petrópolis. A obra, contudo, ganhou repercussão nacional a partir da produção de uma minissérie homônima, exibida em 2005 pela maior rede de televisão no Brasil. Tal produção ampliou o alcance da obra literária a partir de um novo espaço: o meio televisivo. Com o objetivo de identificar as inovações na linguagem narrativa transcodificada da obra literária Mad Maria para teleficção, buscou-se analisar os elementos estruturais da narrativa, a partir das características dos dois roteiros: o literário e o teleficcional, tendo como principais suportes as contribuições de Barthes no quesito estrutura da narrativa e de Balogh em relação às características da linguagem do audiovisual. A obra Métodos e Técnicas de Pesquisa em Comunicação guiou o caminho para a compreensão da importância da pesquisa bibliográfica (Ida Regina C. Strempf) e da análise documental e de conteúdo como método e técnica da pesquisa empreendida (Sônia Virgínia Moreira). Concluiu-se que a minissérie Mad Maria foi inovadora porque reconstruiu detalhes de um momento histórico a partir de dois ambientes díspares. Da selva captou-se a sensação de infinito do ambiente em relação à finitude e à pequenez humana. Da capital federal, de como as trapaças constroem rotas que se perdem na insensatez de cada um, porque o potencial narrativo aponta muitas direções. A síntese literária remete o telespectador a um momento histórico reconstruído a partir de duas selvas: a amazônica e a das negociatas. Tanto numa como noutra, a sobrevivência depende muito das amarras construídas pelo caminho. Se numa o homem ousar vencer a natureza, como fez a personagem que queria transportar um piano pelas corredeiras, pode morrer afogado. Ou, como no caso de Percival Farquhar, para quem o brasileiro não passava de um deslumbrado. E, por achar que já o compreendia sobremaneira, colheu os prejuízos de uma aventura ditada pela ousadia de quem não respeita seu oponente. Como dizem algumas rodas políticas, o Brasil não é para amadores, assim como o potencial criador e criativo de seu povo.
Descrição: Dissertação apresentada ao Programa de Pós-Graduação em Comunicação da Universidade Municipal de São Caetano do Sul como requisito para obtenção do título de Mestre em Comunicação.
URI: http://repositorio.uscs.edu.br/handle/123456789/988
Aparece nas Coleções:Dissertações - Mestrado em Comunicação

Arquivos neste Item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
DISSERTACAO_MARIA LUÍSA FONTENELE DE PAULA.pdf1,29 MBAdobe PDFSobre Embargo Ver/abrir

Itens protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, Salvo indicação em contrário.

 

Os documentos disponíveis no Repositório Digital da USCS são de propriedade e responsabilidade de seus autores, conforme a legislação que rege o direito autoral no país (Lei nº 9.610, de 19.02.98). Toda a cautela tem sido tomada no sentido de não violar o direito autoral. Entretanto, caso seja identificado algum arquivo que esteja violando a legislação vigente, informe à gerência do Repositório Institucional, a fim de que a situação seja imediatamente regularizada.

Valid XHTML 1.0! USCS - Universidade Municipal de São Caetano do Sul  - Fale conosco